quarta-feira, maio 23, 2012

Nada Sei Sobre Lágrima, Dor e Morte

Nunca iria imaginar
que ao te ouvir falar assim
teria a certeza de que tuas lágrimas
eram como flechas dolorosas
sinto pela morte dos teus pais
agora sou eu que cuido de ti
mesmo sem saber absolutamente nada
sobre lágrimas, dores e muito menos sobre morte
mas nas curvas do teu corpo eu aprendo
me surpreendo desde quando me beijou
continuo me surpreendendo em todas as vezes
e olha que sou teu tutor há dezoito meses.